Facebook Google+ Youtube LinkedIn Mobile

Lazer em Peniche


Os percursos pedestres a decorrerem no concelho de Peniche visam sobretudo a dinamização do património e do próprio concelho. 

Neste sentido, às quintas-feiras são realizados percursos nos núcleos Históricos de Peniche de Cima e Peniche Baixo, com partida junto ao Posto de Turismo.
Núcleo Históricos de Peniche de Cima – este itinerário inicia-se às 10h30 e passa pelos seguintes imóveis: a Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, os Baluarte de S. Vicente e da Gamboa, o Forte de Nossa Senhora da Luz, o Sítio do Naufrágio do navio San Pedro de Alcântara e respectivo Deposito Funerário, as Baterias da Papoa e o Entrincheiramento de S. Miguel, o Depósito de Água de Peniche de Cima, o Bairro dos Pescadores, e por fim, a Capela do Senhor do Calvário.
  • Distância – 6 km

Núcleo Históricos de Peniche de Baixo – este percurso começa às 14h30, passando pelos seguintes: Igreja da Misericórdia, Torre do Relógio, Igreja de S. Pedro, Fortaleza, Ribeira Velha, Forte das Cabanas, concluindo com visita à Escola de Rendas de Bilros da Câmara Municipal de Peniche.

Percurso pela Península de Peniche, em Comboio Turístico – decorre às quartas-feiras, às 10h30 e às 14h30 e tem como pontos de passagem: as Muralhas da Cidadela, a Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, o Deposito de Água de Peniche de Cima, o Convento do Bom Jesus, a Ermida de Nossa Senhora do Abalo, os Muros de Pedra Solta, a Capela de Nossa Senhora dos Remédios, o Farol do Cabo Carvoeiro, a Gruta da Furninha, os Paços de D. Leonor, a Ermida de Santa Cruz, a Fortaleza e o Forte das Cabanas
  • Partida – Jardim Municipal de Peniche
  • Duração – 45 minutos

De forma a valorizar o património histórico-religioso e a promover o turismo cultural, foi desenvolvido a Rota das Igrejas do Concelho, que integra 11 templos do concelho de Peniche. 

Rota das Igrejas do Concelho de Peniche
– os 11 imóveis encontram-se disponíveis para visita, possibilitando saber as suas histórias. Na cidade de Peniche, encontram-se as as Igrejas de Nossa Senhora da Ajuda, de S. Pedro (encerrada devido a obras de conservação e restauro), a Capela de Nossa Senhora dos Remédios e a Igreja da Misericórdia de Peniche. Na Vila de Atouguia da Baleia estão a Igreja de S. Leonardo, de Nossa Senhora da Conceição, da Misericórdia e de S. José, a Igreja de Nossa Senhora da Consolação. A Serra d´ El-Rei integra a Igreja de S. Sebastião. E na península do Baleal, encontra-se a Ermida de Santo Estêvão.

Trilho da Berlenga – localizado a 5,7 milhas de Peniche, a Berlenga é composta por três grupos de ilhéus, a Berlenga Grande, Estelas e Farilhões-Forcadas. É na Berlenga Grande que é realizado este trilho. A 3 de setembro de 1981, foi atribuído ao arquipélago o estatuto de Reserva Natural, devido às condições que proporcionam características únicas da fauna, da flora e de todos os processos geomorfológicos, como as suas grutas ou mesmo o granito róseo. Após a chegada à Berlenga Grande, sobe-se pelo trilho bem delimitado, chegando ao topo, encontra-se o farol, erguido a 1841, para guardar tanto a ilha como quem se aproxima dela. Mais à frente, encontra-se o Forte de São João Baptista, que surge acima das águas atlânticas, com a sua forma heptagonal, a ordem da sua construção foi dada por D. João IV, em 1651, após batalhas e ataques, o forte encontra-se recuperado, mas encerrado para visitas. Por este trilho, alcança-se o bairro dos pescadores. Ao longo da Berlenga Grande verifica-se o esplendor da sua fauna e flora. 
Partilhar no Facebook