Facebook Google+ Youtube LinkedIn Mobile

Lazer na Lourinhã 


O concelho da Lourinhã é realmente vivido e sentido através dos passeios pedestres, que realçam todo o seu significado, história, cultural, natureza e paisagem. 

O percurso "Rota dos Dinossauros" inicia-se junto ao Museu da Lourinhã, que integra uma valiosa ala de paleontologia, terminando no Forte Paimogo.
Ao longo de 9.900 metros, o caminhante pode visitar outros pontos de interesse histórico, como o Convento de Santo António, a Igreja da Misericórdia e a Igreja do Castelo e deslumbrar-se com belas paisagens naturais, com especial destaque para as praias de Areia Branca, Vale Frades, Caniçal e Paimogo.

O percurso “Pelo Planalto das Cesaredas” é marcado, nos dois sentidos, segundo as normas da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, este percurso estende-se ao longo de 5 localidades de 3 freguesias do concelho da Lourinhã, tendo o seu início e fim junto ao Centro de Artesanato e Museu do Reguengo Grande. No entanto, e na medida em que o percurso se processa em circuito, a caminhada pode iniciar-se em qualquer das localidades por onde passa. No decorrer do trajeto, os caminhantes terão a oportunidade de visitar o Museu e o Centro de Artesanato de Reguengo Grande e de passear pelo Planalto das Cezaredas, uma das mais conhecidas e marcantes componentes paisagísticas da parte setentrional do concelho. O Planalto das Cesaredas é um território calcário com cerca de 140 milhões de anos que se apresenta como um prolongamento do sistema serrano Aire/Montejunto. É também um espaço que a história, a lenda e a tradição popular associam a acampamentos dos exércitos de César, a caçadas reais e amores clandestinos entre D. Pedro I e D. Inês de Castro.

O percurso “Pelos caminhos da Batalha do Vimeiro” é um circuito que tem 17.600 metros de extensão e está marcado nos dois sentidos.  Embora possa iniciar-se em qualquer local do seu trajeto sugere-se que comece e termine junto ao Monumento da Batalha do Vimeiro.
Ao longo do trajeto serão atravessados vários aglomerados populacionais onde se desenrolaram os combates entre o exército inglês, coadjuvado por unidades militares portuguesas e comandado por Wellesley, e o exército invasor francês sob o comando de Junot.
O percurso “Lourinhã Interior” tem o seguinte circuito:
  • Passagem pelo Toxofal para visita à Quinta da Moita Longa, unidade de Turismo no Espaço Rural com arvoredo classificado como Património Natural de Interesse Público.
  • Visita à Pena Seca, local isolado e com características rurais particulares.
  • Passagem pelo Planalto das Cezaredas.
  • Visita ao Museu Rural do Reguengo Grande e à Urbanização do Junta de Freguesia do Reguengo Grande, com as suas lojas de artesanato, parque de merendas e parque infantil. Panorâmica da “Aldeia Presépio”. Nesta zona  predominam os Pomares de Maçã Reineta (Fruta regional).
  • Moinhos de Vento da Pinhôa. Este conjunto de cinco moinhos de vento foi recentemente recuperado e encontra-se atualmente em perfeito estado de conservação e funcionamento. (Visitas aos Moinhos: Contactar com o Sr. Francisco (moleiro) através do número de telefone 261459491, ou a Junta de Freguesia da Moita dos Ferreiros)

O percurso “
Lourinhã Litoral” contém o seguinte circuito: 
  • Visita à Igreja do Castelo (acesso ao interior temporariamente indisponível), belo exemplar do Gótico, séc. XIV, e ao Miradouro do Alto do Cruzeiro com vista sobre a vila da Lourinhã e a Areia Branca.
  • Visita ao Convento de Santo António, antigo convento dos Franciscanos, fundado em 1508. Visita ao claustro e ao Altar-Mor com azulejos historiados representando cenas da vida de Santo António.
  • Pausa para café e prova de doce regional.
  • Visita ao Museu da Lourinhã. Aqui poderá visitar as exposições de Arqueologia, Paleontologia, Arte Sacra e Etnografia. Destaque para a presença de ovos com embriões de Terópode do Jurássico Superior, únicos no mundo.
  • Almoço
  • Parque da Fonte Lima.
  • Vimeiro: Monumento da Batalha do Vimeiro e o Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro.
  • Pausa para café na Praia de Porto das Barcas e visita aos viveiros de marisco da marisqueira "Frutos do Mar". (com marcação prévia - consulte os nossos serviços de turismo)
  • Visita a Paimogo, com paragem no Forte de Paimogo.

O percurso “
Vila da Lourinhã Pedestre” tem o seguinte circuito: 
  • O ponto de partida é a Praça José Máximo da Costa, situada em frente ao Edifício dos Paços do Concelho sendo o local ideal para, caso seja necessário, estacionar o seu veículo.
  • Siga em direção ao Largo D. Lourenço Vicente e visite o Convento de Santo António.
  • Dirija-se ao Posto de Turismo da Lourinhã no Largo António Granjo onde, além de ser muito bem recebido, ser-lhe-á dado um mapa da vila e do concelho.
  • Desloque-se de seguida até ao inicio da rua João Luís de Moura e faça uma visita ao Museu da Lourinhã, mais conhecido como Museu dos Dinossauros, local de paragem obrigatória.
  • Percorra a Rua da Misericórdia no sentido ascendente. Sensivelmente a meio desta rua, do seu lado direito, não deixe de reparar no Portal Manuelino do edifício sede da Santa Casa da Misericórdia.
  • No topo desta rua encontrará uma escadaria que dá acesso à Igreja do Castelo, século XIV (acesso ao interior temporariamente indisponível).
  • Depois de visitar este monumento, não deixe de subir ao miradouro do alto do Cruzeiro e desfrutar da bela paisagem existente sobre a Vila da Lourinhã e seus arredores.
  • Comece a descer a rua Dr. Adriano Franco vire à direita e suba a Travessa dos Valados. Irá chegar a um dos moinhos da vila da Lourinhã. Elementos característicos do Concelho e património de valor único, os moinhos são miradouros que permitem admirar as paisagens à sua volta, sendo, simultaneamente, relíquias do passado.
  • Termine o seu passeio descobrindo as ruas históricas da Lourinhã, percorrendo-as até à rua João Luís de Moura e Largo D. Lourenço Vicente.
Aproveite para fazer compras no comércio tradicional e restabelecer energias provando a doçaria regional.
Partilhar no Facebook